Trasando com o pai e a mae

Você está a ver alimentação , coisas de bebé e/ou outros artigos e informações relacionadas com a sua pesquisa trasando com o pai e a mae. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez e crescimento dos seus filhos.  

Quais imitações podem ser prejudiciais?

Trasando com o pai e a mae

e="text-align: justify;">an style="font-size: 1rem; line-height: 1.714285714;">Às vezes, a criaa empenha-se tanto em acompanhar os adultos, para observá-los e imitá-los, que chega a prejudicar as suas actividades. Se ae está a fazer um bolo, a criaa insiste em ajudá-la, se o pai está a pintar uma cadeira, ela pedi um pincel para pintar também.an>

Leia mais...

Quando e que a criaa está pronta a ser alfabetizada?

Trasando com o pai e a mae

e="text-align: justify;">an style="line-height: 1.714285714; text-align: justify; font-size: 1rem;">Existe uma grande polémica entre os educadores quanto à idade ideal. Há especialistas (como o norte-americano Glcnn Doman) que dizem que se pode aprender a ler a partir dos 10 meses de idade. O ideal é que a aprendizagem acompanhe a manifestação do interesse da criaa. Uma educadora costuma dizer que "as criaas têm o mau hábito deo pedir permissão para começarem a aprender". O sucesso da alfabetização depende do amadurecimento emocional e intelectual da criaa.an>

Leia mais...

A alfabetização precoce pode trazer problemas?

Trasando com o pai e a mae

e="text-align: justify;">an style="line-height: 1.714285714; text-align: justify; font-size: 1rem;">Há casos de dificuldades posteriores em relação à escrita. Por exemplo, o hábito do espelho de letras (em que a palavra é escrita ao contrário), omissão de letras, rotação de números (o número oito deitado). A criaa pode também revelar distúrbios emocionais, como gaguez, tiques nervosos, falta de concentração e agressividade.an>

Leia mais...

Os pais podem ajudar?

e="text-align: justify;">an style="line-height: 1.714285714; font-size: 1rem;">Sim, dando ao bebé bastante espaço e liberdade para gatinhar e respeitando o seu desejo de erguer-se sozinho, mesmo à custa de algumas quedas e "galos". E, principalmente, não foando o filho a andar cedo demais. Algumas criaas demoram mais tempo. Mas pode ter a certeza: quando se sentir segura e os seus músculos e ossos estiverem suficientemente fortes, a criaa andará.an>

Leia mais...

Como evolui a criaa depois de um ano?

e="text-align: justify;">an style="line-height: 1.714285714; font-size: 1rem;">Tudo acontece muito rapidamente. De repente, o seu filho já consegue sentar-se, gatinha, põe-se de pé, anda. Basta adquirir um pouco mais de equilíbrio para começar a correr, querer subir em tudo, vencer obstáculos. Mal aprende a pular e a saltar, já quer escalar. Conquista uma habilidade e já quer fazer outra coisa ainda mais complicada. Entretanto, os seus ossos, músculos e nervos vão-se exercitando para permitir a execução de movimentos cada vez mais difíceis.an>

Leia mais...

Os ataques são uma forma de protesto?

e="text-align: justify;">an style="line-height: 1.714285714; font-size: 1rem;">Por vezes, sim. Quando estão quietas e bem comportadas, algumas criaas são praticamente ignoradas. Então, tratam de mexer ondeo devem e fazer asneiras para atrair a atenção dos pais. Outra questão a considerar é que os familiares podem estar a exigir demais da criaa: uma longa espera num restaurante quando está com fome, bichas no supermercado e viagens longas são convites à exploo infantil.an>

Leia mais...
Trasando com o pai e a mae | Guia da Mae