Quando se deve informar entidade patronal da gravidez

Você está a ver artigos sobre gravidez , informação sobre crianças e/ou outros artigos e informações relacionadas com a sua pesquisa quando se deve informar entidade patronal da gravidez. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez e crescimento dos seus filhos.  

De que modo ele pode ser ajudado?

Quando se deve informar entidade patronal da gravidez

A mulher deve criar condições para a participação do marido desde o início da gravidez. Depois de o bebé nascer, deve solicitar a sua ajuda, em vez de se queixar de que está sobrecarregada. E deve entender que o marido tem direitos, está assustado com a responsabilidade de ser pai e sente-se inseguro quanto ao futuro. O homem só vai conseguir superar a crise se reconhecer o seu ciúme, em lugar de ocultá-lo.

Leia mais...

Como evitar essa situação?

Quando se deve informar entidade patronal da gravidez

De preferência, mesmo antes da gravidez, homem e mulher devem discutir as mudanças que a chegada de um filho ocasiona e devem preparar-se para serem pais. Para o homem, é importante saber que o amor da mãe pelo filho não é retirado do amor que ela sente por ele.

E quanto mais ele participar da gravidez, do parto e dos cuidados com o bebé, mais prazer terá como pai e menos problemas agitarão o casamento.

Por sinal, quando ele ajuda a mulher a mudar as fraldas e a dar banhos e biberões, mais tempo sobra para o casal desfrutar a dois.

    Leia mais...

Como saber se se consegue assumir esses cuidados?

O melhor é informar-se correctamente antes de se levar o bicho para casa. Quanto custa? Ele precisa de abrigo nalgum lugar especial? O que come? Quanto é que vai custar a alimentação? Quais os cuidados a tomar para que ele não represente um perigo para a criança? Com que frequência deve comer, exercitar-se, ser limpo, vacinado? O que fazer com ele em caso de viagem? A criança é capaz de controlar o animal? Procria com facilidade? O que fazer com os filhotes? Quanto tempo vive, em média?

Leia mais...
Quando se deve informar entidade patronal da gravidez | Guia da Mae