Pesquisou por: Quando se deve informar entidade patronal da gravidez

Você está a ver artigos sobre gravidez , informação para grávidas e/ou outros artigos e informações relacionadas com a sua pesquisa quando se deve informar entidade patronal da gravidez. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez e crescimento dos seus filhos. fudeu a mãe quando o pai foi trabalhar, comeno a filha na fremte da mãe, pai comedo a filinha e sua mãe.  


Quando se deve procurar o pediatra?

Quando se deve informar entidade patronal da gravidez

Sempre que for identificado algum sintoma de doença ou a mãe estiver apreensiva em relação à saúde do bebé, especialmente quando a criança tiver menos de três meses e o seu estado estiver a piorar muito depressa. Não importa se for a meio da noite. O pediatra lhe dirá o que fazer ou pedirá para ver a criança.

Leia mais...

Quando se deve transferir a criança para a sanita?

Quando se deve informar entidade patronal da gravidez

Só depois de ela já estar familiarizada com o bacio, pelo menos durante umas semanas. Para isso, arranje um assento próprio para crianças e um degrau para ela subir para a sanita. Ficar no ar, sem apoio para os pés, causa uma sensação desagradável. Ajude-a a subir e a descer do assento nas primeiras vezes, até ela aprender. Quando ela terminar, limpe-a com papel higiénico (as meninas sempre da frente para trás). É uma tarefa que as crianças só conseguem fazer sozinhas a partir dos quatro anos.

Leia mais...

Quando se deve começar a higiene bucal do bebé?

Assim que surgir o primeiro dentinho. Para isso, pode usar o dedo envolvido numa fralda, em gase ou algodão, uma escova de borracha à venda nas farmácias ou uma escova de dentes bem macia. O ideal é limpar dentes e gengivas depois de cada refeição. Ou, pelo menos, à noite, antes de deitar a criança.

Leia mais...

E quando o bebé doente não quer comer?

Não se deve insistir, pois é muito natural que o apetite da criança diminua quando ela está doente. Depois de sarar, ela costuma compensar a diferença em pouco tempo. Ofereça ao seu filho doente os alimentos preferidos dele em quantidades menores, mas numa frequência maior que a habitual. Nestes casos, os líquidos costumam ser mais importantes que a comida. Faça-o tomar água, sumos de fruta ou refrigerantes.

Leia mais...
Quando se deve informar entidade patronal da gravidez | Guia da Mãe | Informações sobre a gravidez e o seu bebé.