Pesquisou por: Pai nao resistiu ver filha de calcinha e comeu ela

Você está a ver artigos sobre gravidez , recém-nascidos e/ou outros artigos e informações relacionadas com a sua pesquisa pai nao resistiu ver filha de calcinha e comeu ela. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez e crescimento dos seus filhos. fudeu a mãe quando o pai foi trabalhar, comeno a filha na fremte da mãe, pai comedo a filinha e sua mãe.  


E se ela não se convencer com a explicação das sementinhas?

Pai nao resistiu ver filha de calcinha e comeu ela

e="text-align: justify;">e="line-height: 1.714285714; font-size: 1rem; color: #000000;">Quando uma criança insiste em obter uma resposta mais objectiva sobre um determinado assunto, provavelmente não está satisfeita com as informações que recebeu. Portanto, seja mais explícita. Talvez seja altura de dizer que o corpo humano prepara células especiais para fabricar outros seres humanos, que o pai e a mãe precisam de ter uma grande intimidade para poder fazer um bebé. A criança até pode ficar chocada se se der conta de que os pais estavam namorando porque isso é bom, e não porque faz bebés. Mas, muito provavelmente, mais tarde, ela vai chegar sozinha a essa conclusão. Responda, em cada momento, apenas às perguntas que ela formulou.

Leia mais...

E se ela mexer onde os pais não querem?

Pai nao resistiu ver filha de calcinha e comeu ela

e="text-align: justify;">e="line-height: 1.714285714; text-align: justify; font-size: 1rem;">A solução é substituir o "não" por ordens e comandos positivos. Por exemplo: em vez de dizer "não mexas aí", pode dizer "tira a mão daí". A mensagem, que é a proibição, passa para a criança sem o desgaste do "não". Outra estratégia é propor alternativas que afastem a criança do que é perigoso, desaconselhável ou, simplesmente, nos incomoda. Finalmente, é preciso criar dentro de casa um espaço onde ela possa movimentar-se à vontade, explorando, descobrindo e mexendo, sem ser constantemente interrompida por proibições. Quase sempre, esse espaço é o seu quarto.

Leia mais...

E se, antes, ela não tinha esse problema?

Pai nao resistiu ver filha de calcinha e comeu ela

e="text-align: justify;">Nesse caso, a situação é ainda mais preocupante: sem entender o que está a passar-se, a criança pode ter graves crises de comportamento. Ouvindo mal, não comunica bem. Isso compromete a sua adaptação social, educacional e emocional. Não entendendo e não sendo entendida, vai querer atrair a atenção das pessoas com gritos e ataques de raiva.

Leia mais...

E quando a criança não tem amigos?

e="text-align: justify;">e="line-height: 1.714285714; text-align: justify; font-size: 1rem;">A criança isolada, que não tem oportunidade de ter amigos mesmo que seja apenas um ou dois  arrisca-se a ter um amadurecimento emocional incompleto. Trocar experiências, ver outras pessoas resolverem os problemas de outra maneira, é indispensável para que ela se prepare para conviver com o mundo exterior. Não se trata de obrigá-la a viver rodeada de gente, nem de querer que seja igual às demais  essa padronização nivela e empobrece a individualidade. Cabe aos adultos criar condições para que ela conviva com outras crianças. Às vezes, porém, é a própria criança que se isola, evitando as outras. Então, é preciso descobrir por que é que ela não quer companhia.

Leia mais...

Quando utilizar o “não”?

e="text-align: justify;">e="line-height: 1.714285714; font-size: 1rem;">Deve utilizar-se o "não" para controlar a criança em situações em que ela esteja exposta a um perigo real e iminente, ou seja, para proteger a sua integridade física. Não estando viciada nessa palavra, ela será mais capaz de responder prontamente a um "não" quando se aproxima perigosamente do fogo, por exemplo.

Leia mais...
Pai nao resistiu ver filha de calcinha e comeu ela | Guia da Mãe | Informações sobre a gravidez e o seu bebé.