Pesquisou por: Mulher com dois genitais

Você está a ver informação para grávidas , coisas de bebé e/ou outros artigos e informações relacionadas com a sua pesquisa mulher com dois genitais. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez e crescimento dos seus filhos. fudeu a mãe quando o pai foi trabalhar, comeno a filha na fremte da mãe, pai comedo a filinha e sua mãe.  


O tratamento é idêntico?

Mulher com dois genitais

Não. As bactérias devem ser combatidas com antibióticos. Já os vírus não costumam ser tratados com medicamentos, pois esses nem sempre são eficazes. É o próprio sistema de defesa da pessoa que se encarrega de eliminar o invasor. Os remédios, nesse caso, servem apenas para aliviar os sintomas. Um exemplo são os descongestionantes nasais. Por esse motivo, o uso de remédios sem orientação médica deve ser evitado: corre-se o risco de ingerir drogas fortes e inadequadas.

  Leia mais...

As fraldas e as roupas também são importantes?

Mulher com dois genitais

As roupas folgadas e leves, além de garantirem maior liberdade de movimentos, ajudam a desenvolver o tacto. As fraldas, especialmente as sujas, dão ao bebé a sensação de calor e permitem o contacto com as fezes e com a urina, que também é uma experiência necessária para o seu desenvolvimento.

Leia mais...

Qual o primeiro alimento introduzido?

Mulher com dois genitais

A fruta, porque o seu sabor adocicado se aproxima do sabor do leite. No início, a fruta deve ser dada na forma de sumo, no biberão ou na colher, em doses pequenas: uma ou, no máximo, duas colheres de chá, uma vez por dia. Não é obrigatório fazer o sumo só com laranja. Pode utilizar morango ou outra fruta da época. Depois, a fruta pode ser amassada, de forma a fazer uma papa, e ser oferecida pura ou com cereais.

Leia mais...

Como exercitar a visão do bebé?

É fácil. Pode-se colocá-lo perto de uma janela ou porta por onde entre luz: a diferença de iluminação que há dentro e fora do quarto certamente vai despertar-lhe o interesse. Para ajudá-lo a controlar os olhos, use uma luz suave por exemplo, uma vela acesa. Basta aproximá-la (nunca menos de um palmo do rosto) e afastá-la, devagar, para que os seus olhos se adaptem às mudanças de iluminação. Outra alternativa é fazer com que acompanhe com o olhar alguma coisa que atraia a sua atenção. Um objecto ou a própria vela pode ser movimentada, devagar, de um lado para o outro.

Leia mais...

Os adultos devem intervir sempre?

Não " Às vezes é melhor ficar só a observar, porque as crianças são capazes de resolver os conflitos com os irmãos ou com os amigos: medem forças, trocam agressões, dentadas, pontapés e beliscões, no meio de gritos, e, logo a seguir, continuam brincar. Quando correm o risco de magoar-se ou há uma diferença de força ou tamanho entre eles, é preciso intervir. O fundamental é separar sem julgar.

Leia mais...
Mulher com dois genitais | Guia da Mãe | Informações sobre a gravidez e o seu bebé.