Pesquisou por: Mae sedus propio filho

Você está a ver informação sobre crianças , coisas de bebé e/ou outros artigos e informações relacionadas com a sua pesquisa mae sedus propio filho. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez e crescimento dos seus filhos. fudeu a mãe quando o pai foi trabalhar, comeno a filha na fremte da mãe, pai comedo a filinha e sua mãe.  


Há o risco de os pais exigirem muito dele?

Mae sedus propio filho

Muitos pais tendem a despejar nos filhos uma grande carga de expectativa em geral, para que realizem aquilo que eles não conseguiram. No caso do filho único, essa tentação é maior: os pais podem querer que ele seja o melhor da classe, que saiba ler antes do tempo, que seja o menino bonito da turma. Em vez disso, o mais sensato é esperar que o seu filho consiga acompanhar as actividades escolares, tenha amigos e se sinta feliz.

  Leia mais...

E se ela se imagina um super-herói?

Mae sedus propio filho

Algumas crianças usam a imaginação para vencer as barreiras do tempo, do espaço e das suas forças reais. Então, transformam-se em super-heróis. A preocupação dos pais em relação à possibilidade de o filho tentar voar como o herói tem a sua razão de ser, por isso é bom proteger as janelas com grades. De resto, observe apenas se a criança passa horas nessa representação e toma todas as atitudes em nome dessa personagem. Ela pode estar a esconder-se por trás dela, talvez por falta de afecto, atenção, respeito, espaço, liberdade ou tempo para brincar. Talvez o inimigo, do ponto de vista do seu filho, seja tão poderoso que só um super-herói possa enfrentá-lo.

Leia mais...

Os pais costumam fazer isso?

Mae sedus propio filho

Quando o conflito surge entre o seu filho e outra criança que é visita da casa, eles têm dificuldade em tomar essa atitude a favor do próprio filho. Quase sempre, o que acontece é exactamente o contrário: submetem a criança a uma regra social de hospitalidade, que ela ainda não é capaz de entender. A criança não sabe o que é uma visita, muito menos as atenções que se lhe devem dispensar. O resultado é que acaba por ficar magoada por ter de ceder às outras crianças os seus objectos queridos.

Leia mais...

Essa etapa é difícil?

Sim. Tanto para a criança, que vê os seus desejos frustrados, como para os pais, que nem sempre sabem como agir. Para complicar ainda mais, não são poucos os casais que têm o segundo filho quando o primeiro está na faixa dos dois anos. Então, de um momento para o outro, o pequeno será obrigado a dividir, não apenas os brinquedos, mas também o afecto dos pais. É uma situação difícil para ele. Por isso, os pais devem ter nesta fase, e principalmente se está prestes a chegar um irmãozinho, cuidados redobrados com a sensibilidade do filho.

Leia mais...

Como prevenir os ataques de raiva?

Estes ataques não são produto do temperamento, mas uma consequência da frustração dos desejos infantis. A solução é ajudar o seu filho a desenvolver a autoconfiança e a descobrir maneiras menos violentas de exprimir as frustrações. Para isso, os pais devem avaliar as suas próprias atitudes que são a mais importante fonte de exemplos ao dispor da criança. Se os pais falam alto, discutem ou agridem-se, o filho entenderá, que essa é uma maneira normal de viver em família. Então, é preciso mudar de exemplos, substituir as acções agressivas por palavras firmes, pela força da delicadeza e da diplomacia.

Leia mais...

Que atitude devem os pais adoptar?

Devem ser coerentes e firmes ao transmitir aos filhos o comportamento aceitável de menino ou menina. Sem dúvidas e contradições, para que eles não fiquem confusos e inseguros. Não importa se o menino brinca com bonecas ou se a menina joga futebol, se ele aprende a bordar ou se ela brinca aos ladrões. Se os pais aprovarem a atitude, o menino acaba por perceber que pode brincar com bonecas. Mas se um aprovar e o outro não, ele ficará na dúvida quanto ao seu papel. A menina que joga à bola olha para a mãe, o seu modelo de identificação. Se recebe aprovação, olha para o pai, o seu modelo de complementação. Se ambos aprovarem ou reprovarem, ela vai assimilar esse comportamento, sem problemas de maior.

Leia mais...
Mae sedus propio filho | Guia da Mãe | Informações sobre a gravidez e o seu bebé.