Mae deitada filho ve e nao resiti

Você está a ver recém-nascidos , alimentação e/ou outros artigos e informações relacionadas com a sua pesquisa mae deitada filho ve e nao resiti. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez e crescimento dos seus filhos.  

A criança tem medo de cair?

Mae deitada filho ve e nao resiti

e="text-align: justify;">e="line-height: 1.714285714; font-size: 1rem;">Não exactamente. Os psicólogos infantis afirmam que a criança tem e medo de perder o apoio. Até então, ela sempre esteve bem apoiada no chão, ou deitada ou a gatinhar. Agora, só os seus pés tocam no solo e ela tem de se equilibrar. É por isso que necessita de apoio para os primeiros passos: um dedo do pai ou os braços abertos da mãe.

Leia mais...

Quando e que a criança começa a andar?

Mae deitada filho ve e nao resiti

e="text-align: justify;">e="line-height: 1.714285714; font-size: 1rem;">Um impulso muito forte faz com que todas as crianças queiram pôr-se de pé. Conforme vai crescendo, a criança vai-se recusando a ficar deitada, até no momento de trocar a fralda. e="line-height: 1.714285714; font-size: 1rem;">A princípio, segura-se nos móveis e nas mãos das pessoas para se manter em pé. É com esse apoio que dá os primeiros passos. Finalmente, por volta dos 12 meses, depois de algumas quedas, consegue ficar dee andar sozinha. Este acontecimento é um marco na sua vida. Ao movimentar-se sem ajuda, a criança começa a exercer a capacidade humana de sobreviver com os seus próprios recursos.

Leia mais...

É bom ou mau ser filho único?

Mae deitada filho ve e nao resiti

e="text-align: justify;">e="line-height: 1.714285714; font-size: 1rem;">Os especialistas ainda não estão de acordo a respeito desta questão. Admite-se apenas que as circunstâncias são várias, não se repetem automaticamente. E que um filho único não está destinado a ser nem um génio nem uma criança-problema só pelo facto de não ter irmãos.

Leia mais...

Sobre Nós

e="text-align: justify;">O meu filho chora demais? Devo dar-lhe mais colo, ou menos?, A febre dele é passageira ou é um sinal de alguma doença mais séria? São inúmeras as as duvidas que as mães enfrentam no dia-dia ao cuidar do bebé. De um a três anos o alto ritmo das transformações físicas e do desenvolvimento da capacidade mental da criança é outra coisa que assusta aos pais, sem falar nos receios que os pais enfrentam quando a partir dos três anos o seu filho começa a exibir raciocino e iniciativa que você nunca imaginaria, perguntas intermináveis, com energia para tudo começa a perceber as diferenças e imitar o comportamento dos adultos que o rodeiam.

e="text-align: justify;">Para ajuda-lo a resolver este problema  e ajudar o seu filho a crescer de forma saudável criamos este site, assim poderá conhecer de perto e resolver os grandes desafios dos primeiros seis anos de vida do seu filho, proporcionando-lhe uma infância feliz.

Leia mais...

Por que é que certos pais têm ciúmes do filho?

e="text-align: justify;">e="line-height: 1.714285714; font-size: 1rem;">Alguns homens sentem-se inúteis desde a fase da gravidez. Como participam pouco, habituam-se à ideia de que o filho é muito mais da mulher que deles. Esse sentimento de inutilidade pode ser agravado se, depois do nascimento, o pai não ajudar a mulher a cuidar da criança, por falta de jeito ou de vontade, ou porque ela, muito possessiva, não permite.

Leia mais...

Como criar um bom relacionamento?

e="text-align: justify;">O importante é aceitar o bebé como ele é. Isso significa, também, aceitar o seu ritmo próprio, que pode ser muito diferente do que gostaríamos. Por exemplo: talvez ele não diga "mamã" aos 10 meses como o filho da vizinha, nem festeje o seu primeiro aniversário a andar pela sala, como o filho da sua cunhada. Mas que diferença é que isso faz? O importante é que a criança esteja a desenvolver-se normalmente e que os pais criem estímulos e oportunidades para que isso aconteça.

Leia mais...
Mae deitada filho ve e nao resiti | Guia da Mae