Mae com filho menor

Você está a ver coisas de bebé , alimentação e/ou outros artigos e informações relacionadas com a sua pesquisa mae com filho menor. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez e crescimento dos seus filhos.  

E se o medo não tiver razão de ser?

Mae com filho menor

Nem sempre acertamos ao lidar com os medos dos filhos pequenos. Mesmo que para os adultos aquele temor não faça o menor sentido, ele deve ser respeitado (jamais ridicularizado), porque, certamente, tem a sua razão de ser para a criança. Nestes casos, é muito comum os pais usarem argumentos lógicos para tentar tranquilizar o filho e forçá-lo a encarar o medo. Então, obrigam-no a entrar na água do mar, a colocar a mão sobre o aspirador, cujo barulho o assusta, a voltar sozinho para o seu quarto mesmo quando diz que há lá um monstro terrível.

Leia mais...

Por que é que as diarreias são perigosas?

Mae com filho menor

Em geral, as diarreias tornam-se mais preocupantes quando associadas a vómitos: a perda acentuada de líquidos e sais minerais pode levar à desidratação. Os sinais desse quadro são apatia, redução da urina, boca seca, ausência de lágrimas, olhos fundos e, nos bebés mais pequenos, moleira afundada. Quanto menor for a criança, maior o risco de entrar em estado de choque, que pode revelar-se fatal.

Leia mais...

As crianças pequenas conversam?

Mae com filho menor

Os adultos que observam duas crianças a falarem uma com a outra, trocando gestos e risadas e, aparentemente, entendendo-se às mil maravilhas numa linguagem incompreensível, ficam curiosos para saber o que elas estão a dizer. Na maioria das vezes, o mais provável é que cada uma esteja a dizer uma coisa que não tem a menor relação com o que a outra diz. Ambas falam, sem se importarem em ouvir a outra.

Leia mais...

Como ajudá-lo a controlar o chichi?

O passo seguinte é levar a criança até à casa-de-banho para fazer chichi em intervalos regulares. É mais difícil aprender a controlar a urina do que as fezes, porque o espaço de tempo entre sentir vontade e o acto em si é menor e o chichi mais frequente. Por isso, os pais devem ter cm mente que o começo é lento e ocorrerão algumas falhas, por muito hábeis que eles sejam. Por vezes, a criança demora a conseguir comunicar a sua necessidade ou só avisa depois de ter molhado as calças.

Leia mais...

Os pais devem agir como juízes?

Às vezes, vale a pena agir dessa forma, mas isso pode custar caro à criança. Ao solicitar a intervenção do adulto durante a briga, a criança espera que ele solicite o problema a seu favor. O adulto procurar descobrir quem tem razão, para servir de árbitro, usa uma lógica que não faz o menor sentido para a criança, ela pode ficar ressentida ao ver os pais tomar uma atitude contra ela. Mas uma aula de equidade, de justiça, no momento certo, pode deixar sementes para um futuro mais fácil para a criança.

Leia mais...
Mae com filho menor | Guia da Mae