Frutas que parecem orgaos genitais

Você está a ver alimentação , coisas de bebé e/ou outros artigos e informações relacionadas com a sua pesquisa frutas que parecem orgaos genitais. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez e crescimento dos seus filhos.  

Quando é que a criança descobre os órgãos genitais?

Frutas que parecem orgaos genitais

Ao longo do segundo ano de vida, ela fica intrigada com os "misteriosos buraquinhos" por onde saem o cocó e o chichi. Começa a explorar esses orifícios e, aos poucos, descobre as sensações agradáveis do toque nesses órgãos. No terceiro ano, a masturbação infantil torna-se mais frequente, através da manipulação directa dos órgãos genitais e também pelo roçar em móveis, almofadas, objectos e pessoas (no caso das meninas). Os especialistas afirmam que as crianças desta idade não têm fantasias eróticas. Simplesmente descobrem que tocar no seu corpo pode ser muito agradável.

Leia mais...

Deve deixar-se as crianças brincar aos “médicos”?

Frutas que parecem orgaos genitais

As brincadeiras sexuais infantis parecem prejudiciais apenas aos adultos, porque eles negam esse tipo de experiência no seu passado. Quase toda a gente brincou aos "médicos" em lança, mas nunca se ouviu falar de ninguém que tivesse ficado tarado por causa disso.

Leia mais...

Como denominar os órgãos sexuais?

Frutas que parecem orgaos genitais

São muitos os sinónimos de pénis e vagina. O melhor é chamá-los pelo nome que você mais usa. Mas é importante dizer que aquela coisa indicada como "pirolito" tem um nome e o nome é pénis. A criança com certeza não vai decorar de imediato a expressão, mas, quando a ouvir de novo, vai lembrar-se que você a mencionou em alguma ocasião.

Leia mais...

Como é que a criança percebe as diferenças entre os sexos?

Enquanto não percebe as diferenças genitais em relação ao outro, ela não consegue compreender a distinção entre menino e menina, porque não tem um conceito claro de masculinidade e feminilidade. No entanto, antes disso, os meninos e as meninas já apresentam comportamentos diferenciados por causa dos próprios adultos, que os tratam de maneira distinta e oferecem-lhe brinquedos diferentes conforme o sexo.

Leia mais...

Por que é que as crianças falam tanto de si mesmas?

Todas as crianças de quatro ou cinco anos têm imenso prazer em contar aquilo que fizeram, como conseguiram fazê-lo, o que viram, a que conclusões chegaram, e falam, falam, sobre coisas aparentemente banais para os adultos, mas que, para ela, são importantíssimas. Alguns dos seus feitos parecem-lhe conquistas heróicas: fechar uma torneira, colar figurinhas, obedecer a uma ordem difícil e fazer algo bem feito. O que ela quer é o apoio e a aprovação de quem ama.

Leia mais...

Porque não deve dormir com os pais?

Até há pouco tempo, dizia-se que isso poderia prejudicar o seu desenvolvimento psicológico e a conquista da independência. Mas nada disso ficou comprovado. O maior risco é o de eternizar os “passeios nocturnos “: a criança sai da cama sozinha e “visita” os pais a maio da noite. Ou os pais entram num esquema cansativo de levar a criança de volta para o quarto dela várias vezes durante a noite ou desistem desse vaivém e dormem os três, desconfortáveis, na mesma cama, até que os pais tentem uma nova cortada: colocam no chão um colchão e o quarto torna-se um acampamento. Para evitar estas situações, é melhor que a criança se habitue a dormir na própria cama.

Leia mais...
Frutas que parecem orgaos genitais | Guia da Mae