Pesquisou por: Filho come sua mae forcada

Você está a ver alimentação , artigos sobre gravidez e/ou outros artigos e informações relacionadas com a sua pesquisa filho come sua mae forcada. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez e crescimento dos seus filhos. fudeu a mãe quando o pai foi trabalhar, comeno a filha na fremte da mãe, pai comedo a filinha e sua mãe.  


Ela tem a noção de privacidade?

Filho come sua mae forcada

Sim, se tiver oportunidade. Tal como o adulto, a criança precisa de sentir que a casa é um espaço onde pode estar à vontade e usufruir de liberdade. O problema é que, muitas vezes, os pais limitam demais as acções dos filhos. O ideal é que a criança possa ter um quarto ou, pelo menos, um quarto dividido ou um espaço que seja unicamente para seu uso. A criança deve ser estimulada, ter condições para aproveitar o seu espaço bastante liberdade. Isso implica espalhar brinquedos por outro lodo o lado, pintar com tintas e lápis de cera, brincar com carimbos e plasticina, arrumar as coisas à sua maneira, criar um pouco as suas próprias rotinas.

Leia mais...

Como fazer respeitar os limites?

Filho come sua mae forcada

Eis um grande desafio. A primeira medida é explicar claramente quais são as regras. A criança precisa de saber o que esperam dela e quais os seus limites. Por exemplo, se a sua filha espalhou papel higiénico pela sala, não adianta dizer "És uma menina má. Não faças isso". Em vez disso, mostre-lhe o que ela fez de errado e qual seria o comportamento esperado. Explique-lhe, que o papel higiénico na sala cria uma grande confusão, e que o seu lugar é na casa-de-banho.

Leia mais...

Que outros brinquedos podem ser oferecidos?

Filho come sua mae forcada

Ao longo do segundo ano, a criança vai gostar de brinquedos de puxar (favorecem o sentido de equilíbrio), utensílios domésticos de brincar, para "ajudar" a mamã, um triciclo simples (melhora a coordenação), lápis de cera para fazer rabiscar num papel (certifique-se de que não são tóxicos) e cubos para encaixar, além de um telefone para praticar a arte da comunicação. Brinquedos simples e resistentes são os que mais estimulam a criatividade. Os movidos a pilhas podem atrair a sua atenção durante algum tempo, mas a criança acaba por cansar-se, porque não pode interagir com eles.

Leia mais...

Como é que a criança de três anos vê as outras pessoas?

Ela costuma achar que as pessoas existem para a servir. Se tira o brinquedo a outra, até o pode devolver para agradar ao adulto, mas não entende o motivo por que tem de fazê-lo. A força dos seus desejos impede que reconheça os direito dos outros. Demasiado absorvida em si mesma, na descoberta dos seus talentos, do seu corpo, das coisas que acontecem à sua volta, não consegue ocupar-se com mais ninguém.

Leia mais...

E quando for mais crescida?

No terceiro ano, a sua imaginação está a pleno vapor. Uma simples caixa de papelão pode transformar-se numa casa, num carro ou numa nave interplanetária. O lençol dobrado é um esconderijo perfeito. Um baú cheio de roupas, sapatos e chapéus velhos é uma festa para as crianças, que adoram fantasiar-se. Os bonecos e fantoches são bons para incentivar a criança expressar os seus temores. Muitas crianças brincam de levar o boneco ao médico para exprimir medo que têm de consultas e injecções.

Leia mais...

E se ele disser “não gosto de ti”?

 Essa é outra daquelas situações em que os pais só querem desaparecer, com vergonha. Mas todos estão sujeitos a episódios como este. Por volta dos três anos, as crianças dizem o que de facto estão a sentir, ou seja, são autênticas, espontâneas e sinceras. Da mesma forma que dizem, honestamente, que gostam de alguém, acham que a pessoa é bonita ou cheira bem, também podem afirmar que alguém é feio, recusar-se a beijá-lo ou dizer que não gostaram de um presente. Mesmo quando não dizem nada, a sua expressão corporal e facial traduz a desaprovação.

Leia mais...
Filho come sua mae forcada | Guia da Mãe | Informações sobre a gravidez e o seu bebé.