Pesquisou por: Filho come a mae dormindo

Você está a ver coisas de bebé , coisas de bebé e/ou outros artigos e informações relacionadas com a sua pesquisa filho come a mae dormindo. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez e crescimento dos seus filhos. fudeu a mãe quando o pai foi trabalhar, comeno a filha na fremte da mãe, pai comedo a filinha e sua mãe.  


O olfacto do bebé é apurado?

Filho come a mae dormindo

align: justify;"> Uma experiência realizada em Fraa demonstrou que todos os bebes de um grande grupo eram capazes de escolher correctamente a blusa da mãe no meio de muitas outras: a identificação era feita pelo olfacto.

align: justify;">Outro teste demonstrou que os bebés são capazes de reconhecer, entre várias amostras, a que contém o leite da mãe, pelo qual manifestam indiscutível preferência. Desde pequena, a criaa reconhece o cheiro dos pais, do leite, de alguns objectos e da casa. As criaas que se apegam a fraldas, bonecos ou travesseiros ficam irritadas quando estes são lavados e perdem o cheiro.

Leia mais...

O que o bebé vê ao nascer?

Filho come a mae dormindo

align: justify;">Ele pode ver objectos localizados a cerca de 20 ou 30 centímetros, que é mais ou menos a distância a que o rosto da mãe fica dos olhos dele no momento da amamentação. O bebé pode seguir o rosto da mãe ou objectos, desde que os tenha focalizado, por breve minutos. Nem sempre ele consegue coordenar os dois olhos para focar imagens, daí a impressão, ás vezes, de que é estrábico. Se o problema persistir depois dos seis meses, convém consultar o médico.

Leia mais...

E às escondidas?

Filho come a mae dormindo

align: justify;">an style="line-height: 1.714285714; font-size: 1rem;">Brincar às escondidas é uma experiência fundamental para o amadurecimento da criaa. Inicialmente, ela acha que tudo o que desaparece da sua vista morreu e não vai voltar mais, por isso chora angustiada ao perceber que a mãe saiu do quarto mas ao vê-la reaparecer, sorrindo, descobre que as coisas continuam a existir mesmo quando ela deixou de vê-las. Isso dá-lhe uma maior tranquilidade nos momentos em que a mãe não está à vista já percebeu que, a qualquer momento, ela vai voltar. O jogo das escondidas pode ser adoptado a partir dos cinco ou seis meses. an>

Leia mais...

Como impedir os abusos?

align: justify;">an style="line-height: 1.714285714; text-align: justify; font-size: 1rem;">O fundamental é não entrar nesse jogo, que geralmente não passa de chantagem emocional. Se a mãe se mostra vulnerável  isto é, começa por negar e lá para o o quinto ou sexto pedido acaba por concordar, para se livrar do problema então, o caminho está aberto. A criaa descobriu que poderá conseguir tudo, basta pedir muitas vezes. Poderá perder o respeito pela opinião (contrária) da mãe sobre qualquer assunto.an>

Leia mais...

“Por que é que o pai tem uma pilinha grande e a minha é pequenina?”

align: justify;">an style="line-height: 1.714285714; text-align: justify; font-size: 1rem;">Se ela faz essa pergunta, é preciso esclarecer que o pai e a mãe já cresceram e todas as partes do corpo deles são maiores que as do corpo da criaa. Mas é preciso lembrar também que, quando o menino crescer, terá barba e pilinha grande como o pai, e a menina, seios como a mãe.an>

Leia mais...

“De onde foi que eu vim?”

align: justify;">an style="line-height: 1.714285714; font-size: 1rem;">Ao ouvir essa pergunta, a mãe apressou-se em oferecer uma explicação sobre sexo e reprodução. Foi uma conversa longa, mas o miúdo aguentou firme e atento. Quando a mãe terminou, ele concluiu, meio incrédulo: "Eu vim da tua barriga?!" Só então ela teve a ideia de lhe perguntar por que é que ele queria saber. O garoto, de quatro anos, explicou: "É que o Marco disse que veio de Lisboa e o Alfredo, de Coimbraan>

Leia mais...
Filho come a mae dormindo | Guia da Mãe | Informações sobre a gravidez e o seu bebé.