Pesquisou por: Duvid

Você está a ver artigos sobre gravidez , recém-nascidos e/ou outros artigos e informações relacionadas com a sua pesquisa duvid. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez e crescimento dos seus filhos. fudeu a mãe quando o pai foi trabalhar, comeno a filha na fremte da mãe, pai comedo a filinha e sua mãe.  


Quais as dúvidas da criança?

Duvid

Para uma criança de três ou quatro anos, a ideia da morte é a de que uma pessoa estava ali e agora já não está, foi-se embora. Certo dia, alguém próximo, um parente, amigo ou vizinho morre. Então, ela expressa as suas dúvidas através de várias perguntas: "O que é morrer?", "Por que é que o médico não o conseguiu curar?", "Para onde é que a gente vai quando morre?", "Como é que se chega lá?", "Ela depois vai voltar?". Quando a criança percebe que a perda é definitiva, começa a maior preocupação: "Tu também vais morrer?", "Quando a que vais morrer?", "Eu também vou morrer?"

Leia mais...

Que atitude devem os pais adoptar?

Duvid

Devem ser coerentes e firmes ao transmitir aos filhos o comportamento aceitável de menino ou menina. Sem dúvidas e contradições, para que eles não fiquem confusos e inseguros. Não importa se o menino brinca com bonecas ou se a menina joga futebol, se ele aprende a bordar ou se ela brinca aos ladrões. Se os pais aprovarem a atitude, o menino acaba por perceber que pode brincar com bonecas. Mas se um aprovar e o outro não, ele ficará na dúvida quanto ao seu papel. A menina que joga à bola olha para a mãe, o seu modelo de identificação. Se recebe aprovação, olha para o pai, o seu modelo de complementação. Se ambos aprovarem ou reprovarem, ela vai assimilar esse comportamento, sem problemas de maior.

Leia mais...

Que outros problemas podem aparecer?

Duvid

A criança pode habituar-se a mentir, propositadamente, a ponto de exigir cuidados especiais. Mas não se deve confundir as fantasias que ela conta com frequência e que nada têm de ofensivo com o hábito sistemático de enganar os outros. Neste último caso, é necessário investigar o motivo dessa atitude talvez ressentimentos, dúvidas sobre o amor dos pais. A solução é, numa ocasião adequada, conversar serenamente com a criança sobre essas mentiras. Reconstruir a confiança e o respeito nessa relação e uma tarefa urgente e importantíssima.

Leia mais...

Os pais devem acompanhar os trabalhos de casa?

Sim, de forma equilibrada entre a superprotecção e o desinteresse. Por outras palavras, atenda as solicitações do seu filho (pode acontecer que ele não perceba muito bem o que se pede mim exercício), mas evite ficar ao lado dele ensinando-lhe ponto por ponto como deve fazer. De vez em quando, dê uma olhadela nos cadernos dele para verificar se a aprendizagem está a evoluir bem. E, em caso de dúvida quanto ao seu desempenho, converse com a professora da criança ou com a orientadora escolar.

Leia mais...

Sobre Nós

O meu filho chora demais? Devo dar-lhe mais colo, ou menos?, A febre dele é passageira ou é um sinal de alguma doença mais séria? São inúmeras as as duvidas que as mães enfrentam no dia-dia ao cuidar do bebé. De um a três anos o alto ritmo das transformações físicas e do desenvolvimento da capacidade mental da criança é outra coisa que assusta aos pais, sem falar nos receios que os pais enfrentam quando a partir dos três anos o seu filho começa a exibir raciocino e iniciativa que você nunca imaginaria, perguntas intermináveis, com energia para tudo começa a perceber as diferenças e imitar o comportamento dos adultos que o rodeiam.

Para ajuda-lo a resolver este problema  e ajudar o seu filho a crescer de forma saudável criamos este site, assim poderá conhecer de perto e resolver os grandes desafios dos primeiros seis anos de vida do seu filho, proporcionando-lhe uma infância feliz.

Leia mais...

É recomendável os pais tomarem banho com os filhos?

Muitos psicólogos entendem que, se a criança vir os pais nus desde a mais tenra idade, desenvolverá a sua sexualidade com naturalidade e notará as diferenças que existem entre homens e mulheres. Mas há outros preocupados com o choque que a experiência pode causar: a criança pode não estar preparada, sentir-se humilhada e assustada, por exemplo, com o tamanho do pénis do pai. Na dúvida, esses psicólogos acham que é melhor não forçar o contacto muito cedo.

Leia mais...
Duvid | Guia da Mãe | Informações sobre a gravidez e o seu bebé.