Pesquisou por: Briques avan

Você está a ver informação para grávidas , artigos sobre gravidez e/ou outros artigos e informações relacionadas com a sua pesquisa briques avan. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez e crescimento dos seus filhos. fudeu a mãe quando o pai foi trabalhar, comeno a filha na fremte da mãe, pai comedo a filinha e sua mãe.  


Então, par que é que forçam os limites?

Briques avan

Nesta idade, trava-se na mente da criança uma luta difícil entre o seu desejo, que é muito forte e imediatista, e a capacidade nula incipiente, de controlar-se. Por isso mesmo, as crianças precisam de limites e da ajuda dos pais para disciplinar esses impulsos. Muitas vezes, elas até conhecem as regras, mas ainda não desenvolveram o mecanismo de controlo. Os limites afinal são desagradáveis, trabalhosos, e o caminho para assimila-los é feito de avanços, recuos e repetições.

Leia mais...

Em que idade a criança está pronta para usar o bacio?

Briques avan

Esse e um avanço muito complexo para a criança, uma vez que requer a coordenação de várias acções: perceber o sinal de que o cocó ou o chichi estão a querer sair, controlar os esfíncteres, músculos que regulam a saída do cocó e do chichi, dirigir-se à casa-de-banho a tempo e fazer no lugar correcto. Na maioria dos casos, a criança adquire maturidade neurológica para isso por volta dois anos, mas a demora não significa, necessariamente, que algo esteja mal com o seu filho. Por outro lado, iniciar o treino do bacio cedo demais poderá causar "stress" à criança e aos pais, sem necessidade.

Leia mais...

Os bebés gatinham todos da mesma maneira?

Cada criança desenvolve uma técnica própria. Umas começam a deslizar para trás. Outras avançam com as duas mãos e depois os dois joelhos, mas com as plantas dos pés apoiadas. Por fim, não são raras as que arrastam o joelho de uma perna e o pé da outra e existem aquelas que ficam sentadas e dão pequenos saltos com as pernas e com o rabinho. Tudo isso é normal.

Leia mais...

Este jogo tem várias versões?

 Sim. Uma delas as mães praticam instintivamente: cobrir a cabeça com uma fralda, depois retini-la dizendo "encontraste!" o que diverte muito o bebé. Outra é esconder objectos, deixando que ela perceba onde os colocou. Quando puder achá-los terá feito um avanço enorme no sentido de aprender que as pessoas amadas não estão sempre . As crianças descobrem sozinhas, por volta dos oito ou nove meses, mais uma forma de treinar a separação divertida para elas e cansativa para os pais: atiram objectos ao chão e choram esperando que alguém os apanhe. Logo depois, tornam a atirá-los ao chão e querem repetir o jogo. O sentido real dessa brincadeira é, também, sedimentar a confiança de que as coisas voltam. Nesta fase, um espelho pode atrair muito a atenção delas.

Leia mais...
Briques avan | Guia da Mãe | Informações sobre a gravidez e o seu bebé.