Pesquisou por: Brinquedo com g

Você está a ver artigos sobre gravidez , coisas de bebé e/ou outros artigos e informações relacionadas com a sua pesquisa brinquedo com g. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez e crescimento dos seus filhos. fudeu a mãe quando o pai foi trabalhar, comeno a filha na fremte da mãe, pai comedo a filinha e sua mãe.  


O que fazer com um bebé embirrento?

Brinquedo com g

gn: justify;">ght: 1.714285714; font-size: 1rem;">A melhor estratégia é ignorar as lágrimas e tentar desviar a atenção da criança para outra coisa. Mostrar-lhe um brinquedo, propor-lhe uma brincadeira. Esperar que a crise passe para conversar com ela. Mas é preciso ser coerente e firme: não se submeta à birra pois, se assim fizer, a choradeira vai repetir-se sempre que a criança for contrariada.

Leia mais...

E se a criança quiser brincar com o cocô e o chichi?

Brinquedo com g

gn: justify;">ght: 1.714285714; font-size: 1rem;">Muitas crianças são apanhadas em flagrante a fazer isso. Para elas, os excrementos não provocam nojo ou aversão, apenas curiosidade. O interesse por eles pode ser desviado para outros materiais simbolicamente equivalentes: terra, água, argila, tinta, areia. Brincar com essas coisas acaba com muita da ansiedade que a criança pode sentir ao aprender a usar o bacio.

Leia mais...

É importante brincar com outras crianças?

Brinquedo com g

gn: justify;">ght: 1.714285714; font-size: 1rem;">Sem dúvida. Essas brincadeiras com os amiguinhos servem de iniciação às relações sociais e ensinam as regras básicas da convivência. Mas não estranhe se um se cansar logo do outro. Só por volta dos três anos o seu filho é capaz de partilhar brinquedos com outras crianças e envolver-se em projectos comuns.

Leia mais...

Como acabar com essas batalhas?

gn: justify;">ght: 1.714285714; font-size: 1rem;">Ameaças, castigos, promessas, gracinhas, tudo serve para encobrir o problema, mas nada resolve. Até mesmo a inofensiva brincadeira do aviãozinho transmite à criança a ansiedade do adulto. O importante é garantir que a hora da refeição seja tranquila e respeitar o paladar infantil. Com isso, desaparecem as tensões e caras feias e redescobre-se o prazer de comer.

Leia mais...
Brinquedo com g | Guia da Mãe | Informações sobre a gravidez e o seu bebé.