Qual a melhor maneira de responder?

337419-brinquedos-criancas-3anos-carrinhos

Falando com clareza, usando expressões ou situações que ela já consiga entender. Se não tiver uma explicação imediata, não há mal nenhum em prometer uma resposta para depois, ou mesmo dizer “não sei”, quando realmente não souber. É sempre melhor dar uma boa resposta mais tarde do que baralhar a cabecinha da criança. As respostas claras e seguras permitem-lhe desenvolver o raciocínio e a inteligência. Dizer simplesmente “porque é”, “porque sim”, mandá-la calar a boca ou reclamar por ter um filho tão perguntador não são as melhores maneiras de lidar com a curiosidade natural que o mundo desperta na criança. Ele pôde até acabar por desinteressar-se de entender as coisas – e pagará o preço por isso, mais tarde, na vida escolar.

Comentários

Comentários

Qual a melhor maneira de responder? | Guia da Mae