E se ela mexer onde os pais não querem?

0,,14404467,00

A solução é substituir o “não” por ordens e comandos positivos. Por exemplo: em vez de dizer “não mexas aí”, pode dizer “tira a mão daí”. A mensagem, que é a proibição, passa para a criança sem o desgaste do “não”. Outra estratégia é propor alternativas que afastem a criança do que é perigoso, desaconselhável ou, simplesmente, nos incomoda. Finalmente, é preciso criar dentro de casa um espaço onde ela possa movimentar-se à vontade, explorando, descobrindo e mexendo, sem ser constantemente interrompida por proibições. Quase sempre, esse espaço é o seu quarto.

Comentários

Comentários

E se ela mexer onde os pais não querem? | Guia da Mae